Quando e onde será onde sera o Mundial de Clubes 2023?

Quando e onde será onde sera o Mundial de Clubes 2023? Tudo o que você precisa saber

A Copa do Mundo de Clubes de 2023 será realizada em dezembro, em Jeddah (Arábia Saudita). Um fato curioso é que, por causa da última Copa do Mundo no Catar, a edição de 2022, na qual o Real Madrid foi coroado campeão, também foi realizada naquele mesmo ano.

APOSTE EM FUTEBOL

apostas_esportivas_copa_signup.gif

Programação de Mundial de Clubes 2023

Embora conheçamos a sede e as datas da competição, de 12 a 23 de dezembro, não saberemos todos os detalhes da programação desta edição até que todos os participantes estiverem definidos, e os jogos do mundial de clubes 2023 sejam conhecidos.

No entanto, tudo indica que o formato das últimas temporadas será mantido, especialmente considerando que faltam apenas duas edições para a chegada do revolucionário formato de 2025, quando o torneio ganhará em nível e provavelmente em repercussão, reunindo as equipes melhor classificadas nas competições continentais dos últimos anos.

Se a edição de 2023 seguir a trilha das anteriores, o jogo de abertura será entre o campeão do país anfitrião (Al-Ittihad) e o Auckland da Oceania na fase preliminar. O vencedor desse jogo passará às quartas de final, onde os representantes da AFC (Ásia - Urawa Red Diamonds), CAF (África - Al Ahly) e CONCACAF (Club León) darão início à competição. De todos eles, sairão os rivais das equipes cabeças de chave, os times da CONMEBOL e da UEFA (Manchester City), que entram na competição nas semifinais e não podem se enfrentar nelas.

Onde vai ser o Mundial de Clubes de 2023?

Jeddah, na Arábia Saudita, será o local onde será realizado o Mundial de Clubes em 2023. Embora as instalações não tenham sido confirmadas, o estádio King Abdullah Sports City, também conhecido como The Shining Jewel, será com certeza o local da final do Mundial de Clubes de 2023.

Este é um estádio equipado com todas as tecnologias atuais, com capacidade para 62.242 espectadores e que já tem experiência internacional, tendo sido o palco das Supercopas da Itália e Espanha.

Quais serão os jogos do Mundial de Clubes?

Seis das sete equipes participantes já foram confirmadas, mas não teremos um representante CONMEBOL até que a edição de 2023 da Copa Libertadores termine, por isso o sorteio ainda não foi realizado e teremos que esperar para conhecer a tabela Mundial de Clubes 2023.

Vamos conhecer, então, um pouco mais as seis equipes que já garantiram sua presença no Mundial de Clubes de 2023:

Representante da Europa - Manchester City (Inglaterra - Campeão da Liga dos Campeões da UEFA)

O Manchester City finalmente conquistou sua primeira Liga dos Campeões ao derrotar o Inter de Milão na final. O clube, cujo proprietário é o xeque Mansour bin Zayed Al Nahyan, dos Emirados Árabes Unidos, investiu pesado para conquistar a principal competição europeia, garantindo assim sua presença na Arábia Saudita em dezembro.

Eles são os grandes favoritos para vencer a final do Mundial de Clubes 2023, não apenas por representarem a Europa (que domina a competição) mas também porque, liderados por Pep Guardiola no banco e o cyborg Erling Haaland no campo, possuem um elenco incrível, provavelmente o melhor do mundo.

Representante da América do Sul - Pendente (Campeão da Copa CONMEBOL Libertadores 2023)

O vencedor da Libertadores será o portador do último bilhete para o Mundial de Clubes. Esta é uma das duas confederações que conseguiram vencer o troféu, embora suas equipes tenham perdido protagonismo na competição nas últimas temporadas. Será que conseguirão recuperar seu lugar desta vez?

Representante da América do Norte, Central e Caribe: Club León (México - Campeão da Concacaf 2023)

O Club León impediu que a revolução da MLS deixasse o México sem representante nesta edição da Copa do Mundo de Clubes. Será sua estreia na competição, pois também ganharam sua primeira Liga dos Campeões nesta temporada, vencendo o Los Angeles FC em ambas as partidas da final.

À espera de saber se conseguirão manter Victor Dávila, que é cotado para ir para a Europa, a equipe mexicana se apoiará num sólido bloco liderado pelo jovem argentino Nicolás Larcamón. Seu papel será o de tentar surpreender e ser protagonista da edição, chegando pelo menos à final do Mundial de Clubes 2023.

Representante da Ásia: Campeão da Liga dos Campeões da AFC (2022) // Urawa Red Diamonds (Japão)

A confederação asiática conseguiu levar um de seus times à final da competição em fevereiro. No entanto, a final do Mundial de Clubes de 2022 entre Real Madrid x Al-Hilal foi para os espanhóis e a Ásia não pôde celebrar o título. Para a edição de 2023, a AFC terá um representante muito diferente em termos culturais, pois serão os japoneses do Urawa Red Diamonds, que esperam melhorar seu terceiro lugar em 2007.

Para se classificarem para esta edição, a equipe japonesa teve que ganhar sua terceira Liga dos Campeões da AFC, vencendo na final o mencionado Al-Hilal (empataram em Riad e os Urawa venceram por 1-0 em casa para levantar o troféu). Em Jeddah, eles confiarão no futebol coletivo, embora provavelmente muitos olhos estejam voltados para o veterano Sakai e para Shoya Nakajima, que custou 35 milhões de euros ao Al-Duhail em 2019 e que, após uma queda de rendimento, voltou ao seu país em busca de seu melhor futebol... e da oportunidade de jogar este Mundial de Clubes.

Representante da África: Al Ahly (Egito - Campeão da Liga dos Campeões da CAF)

Quarta participação consecutiva para o egípcio Al Ahly, que continua a afirmar sua posição de dominador do futebol africano. Eles nunca conseguiram passar do terceiro lugar, então seu primeiro objetivo deve ser igualar a segunda posição do Raja Casablanca em 2013. Naquela época, a equipe marroquina não atuava como representante da CAF, mas como anfitriã, mas registraram a melhor atuação de uma equipe africana até hoje.

Para jogar novamente na Copa do Mundo de Clubes, o Al Ahly teve que vencer outra equipe de Casablanca, o Wydad, na final da Liga dos Campeões da CAF. A vitória marcou o 11º título da competição para a equipe do Cairo. Nesta Copa do Mundo de Clubes, a estrela do time dirigido pelo suíço Marcel Koller deve ser o pivô Aliou Dieng.

Representante da Oceania: Auckland City (Nova Zelândia - Campeão da Liga dos Campeões da OFC 2023)

O representante da Oceania é chamado novamente de Cinderela do torneio. Tradicionalmente, tem sido a confederação menos competitiva, algo que foi acentuado pela saída da Austrália (a seleção e suas equipes se mudaram para as competições da AFC). No entanto, o Auckland City, um habitual da competição que venceu o torneio principal da OFC em onze ocasiões, tentará ser competitivo e batalhar nas primeiras fases.

Quase perderam esta edição, já que, depois de vencer a semifinal nos pênaltis, foram para a prorrogação com um homem a menos na final da Liga dos Campeões da OFC 2023, mas conseguiram se recompor e vencer o Suva de Fiji por 4-2. A grande dúvida para a Copa do Mundo será seu artilheiro argentino Emiliano Tade, atualmente lesionado.

Representante do país organizador: Al Ittihad (Campeão da Liga Profissional Saudita 2022-23)

Embora em muitas edições a equipe anfitriã tenha sido uma das equipes mais acessíveis, desta vez tudo indica que será muito diferente. A explosão da liga da Arábia Saudita está ajudando o Al Ittihad a formar um time de garantias comandado pelo vencedor da Bola de Ouro, Karim Benzema.

O atual campeão da Abdul Latif Jameel League (nome oficial da liga), não só contratou Benzema, como também trouxe outros nomes de primeiro nível mundial, como Kanté, Fabinho e o Jota. Eles se juntam àquela que até agora era a grande estrela do time, Romarinho. Com todo esse potencial, eles procurarão ser o primeiro anfitrião a conquistar a Copa do Mundo de Clubes.

Gostou deste artigo sobre o Mundial de clubes 2023? No Blog da LeoVegas Esportes temos diversos artigos sobre o futebol com dicas especiais para apostar online, notícias e curiosidades do mundo do esporte, confira alguns deles abaixo: