Quem são os maiores artilheiros na história do Brasileirão?

Quem são os maiores artilheiros na história do Brasileirão?

O Brasileirão, o maior campeonato de futebol do país, tem sido palco para grandes atacantes que triunfaram tanto no campeonato nacional como em outros países. Neste artigo, descobrimos qual é o maior artilheiro do Brasileirão e analisamos sua carreira no Brasil, juntamente com outros atacantes destacados da Série A.

O maior artilheiro do Brasileirão

Fred (134 gols)

O atacante de Teófilo Otoni disputou 300 jogos no Brasileirão, onde marcou 134 gols em sua passagem pela liga. Em sua passagem pela Série A, ele conquistou o troféu de artilheiro em três ocasiões: 2012, 2014 e 2016. Coletivamente, Fred também venceu duas vezes o Brasileirão, ambas com o Fluminense. Além do Fluminense, ele também jogou o Brasileirão pelo Cruzeiro e Atlético Mineiro.

No cenário internacional, Fred também passou pela seleção brasileira, onde venceu a Copa América em 2007 e a Copa das Confederações de 2013. Em sua carreira esportiva, há a mancha do "Mineirazo", quando o Brasil perdeu por 1-7 para a Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo de 2014 diante de sua torcida. Mesmo assim, Fred até o momento está nos livros de história como o maior artilheiro do Brasileirão.

Outros artilheiros na história do Brasileirão

Diego Souza (122 gols)

Diego Souza é um dos jogadores com mais partidas no Brasileirão entre os nossos top, com 410 jogos disputados no momento em que este artigo é redigido... pois ainda está em atividade! Com 37 anos, Diego Souza está no Grêmio, com o qual conquistou o retorno à Série A em 2022.

Além do Grêmio, Diego Souza disputou a Série A por mais sete equipes: Botafogo, Cruzeiro, São Paulo, Sport Club Recife, Vasco da Gama, Atlético Mineiro e Palmeiras. Com o Cruzeiro, ele conquistou seu único campeonato nacional, além de ter sido artilheiro em 2016, quando estava no Sport Club do Recife.

Gabriel Barbosa (107 gols)

O caso de Gabriel Barbosa é de um jogador que pode quebrar todos os recordes do Brasileirão. Com apenas 26 anos no momento em que este artigo é redigido, Gabigol já marcou 107 gols em sua carreira. Gabigol se destacou nos primeiros anos no Santos, o que chamou a atenção da Inter de Milão, que não hesitou em contratá-lo. No entanto, seu início na Europa não foi bom e ele acabou retornando ao Brasil.

Desde então, ele jogou por dois clubes: Santos, onde ganhou destaque, e Flamengo, onde joga atualmente. Com esses clubes, ele conquistou dois Brasileirões, um em 2019 e outro em 2020, além de ter sido artilheiro da liga em 2018 e 2019. O ótimo desempenho do atacante paulista o torna um forte candidato a se tornar o maior artilheiro da liga brasileira nos próximos anos, já que em pouco tempo ele já está entre os principais goleadores do Brasileirão.

Wellington Paulista (101 gols)

Aos 40 anos, Wellington Paulista é um dos jogadores mais experientes do nosso futebol. O jogador de São Paulo também tentou a sorte na Europa, como muitos jogadores de destaque no país, mas não teve uma boa adaptação e rapidamente voltou para casa. No entanto, por ainda estar em atividade no Brasil, ele também está na disputa para determinar quem é o maior artilheiro do Brasileirão.

Sua carreira na Série A passou por incríveis 12 equipes, nas quais disputou 392 partidas. Santos, Botafogo, Cruzeiro, Palmeiras, Criciúma, Internacional, Coritiba, Fluminense, Ponte Preta, Chapecoense, Fortaleza e América contaram com seus serviços, e o tornaram o maior artilheiro do Brasileirão que nunca levantou a taça de campeão.

Rafael Moura (82 gols)

É outro jogador que não quer se aposentar, já que Moura acabou de completar 40 anos. No entanto, ao contrário de Paulista, ele está sem clube desde 2021, quando disputou alguns jogos pelo Botafogo na Série B.

Moura é um desses nômades do futebol brasileiro, pois passou por oito clubes que disputaram a Série A, jogando um total de 306 partidas em sua carreira. Além disso, Moura jogou por vários dos maiores clubes da liga: Corinthians, Atlético Mineiro, Internacional, Fluminense... Neste último, ele conseguiu seu recorde de gols em uma única temporada do Brasileirão, marcando 11 gols.

Borges (79 gols)

Este jogador com nome de escritor foi um desses atacantes brasileiros que não conseguiu vingar fora de nosso país. Borges chegou a jogar no Japão, mas não se adaptou e rapidamente voltou ao Brasil.

Humberlito Borges, em seus melhores anos, passou por três dos maiores clubes do Brasil: Cruzeiro, São Paulo e Santos. Foi com os dois primeiros que ele conquistou seus maiores triunfos: Borges venceu quatro campeonatos brasileiros, dois com cada clube, além de ter sido o maior artilheiro do Brasileirão em 2011, com 23 gols. O jogador de Salvador chegou a jogar uma partida pela seleção brasileira, mas saiu sem marcar com a amarelinha.

André Felipe (77 gols)

André Felipe tem sido um verdadeiro nômade, pois aos 32 anos já passou por seis ligas diferentes. Atualmente, ele está na Rússia, mas também passou pela liga turca, portuguesa, francesa, ucraniana e, é claro, pela liga brasileira.

No Brasil, André Felipe jogou por sete equipes, algumas delas de alto nível: Santos, Atlético Mineiro, Vasco da Gama, Sport Recife, Corinthians, Grêmio e Cuiabá. Em apenas três ocasiões ele ultrapassou a marca de 10 gols: 12 com o Vasco da Gama, e 13 e 16 gols com o Sport Recife. O jogador ainda está em atividade, portanto, se decidir ter uma quinta passagem pelo futebol brasileiro de alto nível, não se pode descartar que ele suba várias posições no ranking dos maiores goleadores.

Quem é o maior artilheiro do Brasil?

Mas no Brasil, o campeonato nacional não é o único futebol. Outra pergunta que surge para muitas pessoas é quem é o maior artilheiro do Brasil, referindo-se à seleção canarinho, a pentacampeã mundial e historicamente uma das equipes mais atraentes de se assistir jogar.

Pela seleção brasileira, passaram grandes artilheiros: Ronaldo, Rivaldo, Romário... Nessa posição, no entanto, há um empate em número de gols. Pelé marcou 77 gols em sua carreira com a seleção, enquanto Neymar igualou essa marca durante as quartas de final da Copa do Mundo de 2022, no Catar. A grande diferença está no número de jogos: enquanto 'O Rei' precisou de apenas 92 partidas para atingir essa marca, Neymar o fez em 124 jogos. Ambos são considerados grandes ícones do futebol brasileiro e deixaram sua marca na história da seleção canarinho.

Gostou de saber quais são os maiores artilheiros na história do Brasileirão? No Blog da LeoVegas Esportes publicamos diversos artigos com dicas de apostas, notícias e curiosidades do mundo esportivo, confira alguns deles abaixo: