Voltar
Clubes de futebol mais ricos do mundo - Lista completa

A corrida para ser o clube de futebol mais rico do mundo

Não há dúvida de que o futebol de elite vai além das fronteiras do campo, com riqueza e poder financeiro desempenhando um papel central na definição dos clubes de primeira linha. Desde os titãs europeus até o emergente gigante saudita, a corrida para ser o clube de futebol mais rico do mundo em 2023 está aberta.

Quais especialistas determinaram quais são os clubes mais ricos?

Determinar qual clube é o mais rico não é uma tarefa fácil e exige uma análise detalhada de vários fatores. No entanto, existem três fontes confiáveis de informações financeiras no mundo do futebol que podem nos ajudar a responder a essa pergunta.

  • Deloitte Football Money League 2023: Este relatório anual da consultoria Deloitte oferece uma análise detalhada dos clubes de futebol com as maiores receitas do mundo. Baseia-se em critérios como direitos de televisão, receitas comerciais e receitas de dia de jogo.
  • Lista Forbes dos clubes mais ricos: A Forbes, conhecida por suas listas financeiras, também se aventura no mundo do futebol para determinar quais clubes têm o maior valor de mercado. Esta lista considera não apenas as receitas, mas também a avaliação da marca e outros ativos do clube.
  • Lista Forbes dos proprietários de clubes mais ricos: Além da riqueza do próprio clube, é essencial considerar a capacidade financeira daqueles que estão por trás dessas equipes. Esta outra lista da Forbes destaca os proprietários dos clubes de futebol europeus mais ricos.
  • Lista Deloitte Football Money League dos times de futebol mais ricos do mundo

Com base nas informações coletadas da Deloitte Football Money League 2023, que ainda mostra claramente os efeitos da COVID-19, elaboramos uma lista dos clubes de futebol mais ricos do mundo em 2023. A Deloitte Football Money League é uma referência na indústria, fornecendo uma análise independente e confiável do desempenho financeiro dos clubes líderes no mundo do futebol. Em sua edição de 2023, considerou os dados da temporada 21/22, por isso novos ricos, como o Newcastle ou os clubes da Arábia Saudita, ainda não aparecem na lista.

Principais descobertas da Deloitte Football Money League 2023

A receita total para os 20 clubes que mais geraram receita em 2021/22 foi de €9,2 bilhões, um aumento de 13% em comparação com a temporada anterior.

O aumento foi em grande parte devido ao retorno dos torcedores após duas temporadas afetadas pela COVID-19. As receitas de dia de jogo aumentaram de €111 milhões em 2020/21 para €1,4 bilhões em 2021/22.

O Manchester City manteve sua posição no topo da Money League, gerando as maiores receitas no futebol mundial. Este crescimento foi impulsionado por um aumento nas receitas comerciais, estabelecendo um novo recorde para a Premier League.

Ranking dos clubes mais ricos do mundo segundo a Deloitte

  • Manchester City: O clube mantém sua posição no topo da Money League e tem experimentado um crescimento vertiginoso nos rankings desde 2015/16. Seu crescimento foi impulsionado por um aumento nas receitas comerciais, atingindo um novo recorde na Premier League de €373 milhões em 2021/22.
  • Real Madrid: Apesar de sua rica história, o clube ainda não recuperou suas receitas para níveis pré-pandêmicos, com uma queda de €43 milhões desde 2018/19. Além disso, o recente processo de renovação do estádio Santiago Bernabéu, que inclui melhorias em infraestrutura e serviços, é uma aposta clara para transformar o estádio em um centro multiuso que permita ao clube aumentar ainda mais as receitas nos próximos anos.
  • Liverpool: Foi um dos clubes que mais avançou, subindo quatro posições e ultrapassando o Manchester United em receitas. Isso se deve em parte ao seu bem-sucedido desempenho na UEFA Champions League 2022 e à geração de mais de €100 milhões em receitas de dia de jogo.
  • Manchester United: Com uma base de fãs em todo o mundo, o Manchester United capitalizou sua marca através de acordos comerciais estratégicos. Na temporada 2021/22, geraram receitas significativas através da sua parceria com a TeamViewer, seu patrocinador principal, e outros acordos de patrocínio globais.
  • Paris Saint-Germain: Superou seus níveis de receita pré-pandêmicos, com um aumento de €18 milhões desde 2018/19. Na temporada 2021/22, o clube reportou um aumento nas receitas comerciais, impulsionado por acordos de patrocínio com marcas como Jordan e Accor. Além disso, a aquisição de jogadores renomados fortaleceu sua posição no mercado de merchandising. No entanto, tudo relacionado à sua economia é sempre marcado com o asterisco da dúvida se é gerado pelo próprio clube ou se é dinheiro injetado pelo Catar.

Clubes de futebol mais ricos do mundo de acordo com a Lista Forbes 2023

A Forbes, uma das publicações financeiras mais prestigiadas do mundo, também apresentou sua lista dos clubes de futebol mais valiosos em 2023, a primeira das duas listas da publicação que levaremos em consideração. A seguir, apresentamos as descobertas mais relevantes e o ranking dos times de acordo com a Forbes.

Principais descobertas da Lista Forbes 2023

Os 30 times de futebol mais valiosos do mundo têm um valor médio de $2,17 bilhões.

O aumento nos valores não foi impulsionado pela receita, que cresceu apenas 2,5%, mas pelos múltiplos corporativos mais altos que os compradores pagam pelos times.

O Manchester United, que ocupa o segundo lugar na lista da Forbes, poderia ser vendido por cerca de $6 bilhões, 7,7 vezes a receita. Um valor ligeiramente inferior ao apresentado pelo Catar que os atuais proprietários do United já aceitaram.

O Real Madrid, por sua vez, foi avaliado em $6,07 bilhões, 19% a mais que no ano anterior. Esse aumento se deve em parte ao seu sucesso na Champions League e a acordos comerciais, como o feito com a Sixth Street e Legends para aumentar a receita em seu estádio Santiago Bernabéu.

Top 5 de clubes mais ricos de acordo com a Lista Forbes 2023

  • Real Madrid: $1.014 bilhões
  • Manchester United: $1.003 bilhões
  • Barcelona F.C.: $919 milhões
  • Bayern Munich: $908 milhões
  • Manchester City: $877 milhões

Estes valores refletem não apenas a capacidade financeira dos clubes, mas também sua marca, história e impacto no mundo do futebol. É interessante ver como, apesar dos desafios econômicos e da feroz concorrência, certos clubes continuam a dominar o cenário financeiro do futebol ano após ano.

Proprietários de clubes mais ricos de acordo com a Lista Forbes 2023

O investimento em clubes de futebol não é apenas uma questão de paixão, mas também um negócio lucrativo para muitos magnatas e empresários ao redor do mundo. Os seguintes clubes são respaldados por proprietários que estão entre os mais ricos do planeta:

François Pinault e família - Stade Rennes (França) Fortuna: 42.075 milhões de euros

A família Pinault, proprietária do conglomerado de artigos de luxo Kering, tem sido dona do Stade Rennais desde 1998.

Dietrich Mateschitz - RB Leipzig (Alemanha) Fortuna: 25.300 milhões de euros

Mateschitz, co-fundador da Red Bull, criou o RB Leipzig em 2009 e investiu significativamente no time. Além disso, a fábrica Red Bull tem outros dois times importantes em Salzburgo e Brasil.

Mansour bin Zayed Al Nahyan - Manchester City (Reino Unido) Fortuna: 20.126 milhões de euros

Membro da família real de Abu Dhabi, Mansour transformou o Manchester City numa potência do futebol mundial desde sua aquisição em 2008. O City Group também formou um conglomerado interessante de clubes, com presença em países como Austrália ou Estados Unidos e que chegou à Espanha através do Girona.

Andrea Agnelli - Juventus (Itália) Fortuna: 20.126 milhões de euros

Os Agnelli, uma dinastia de empresários italianos, estiveram no comando da Juventus por gerações, no entanto, nos últimos anos uma série de polêmicas fez com que perdessem poder dentro do clube.

Stanley Kroenke - Arsenal (Reino Unido) Fortuna: 9.225 milhões de euros

Kroenke, um magnata do setor imobiliário e esportivo, tem sido o principal acionista do Arsenal desde 2011.

Nasser Al-Khelaifi - PSG (França) Fortuna: 6.897 milhões de euros

Al-Khelaifi, presidente do PSG desde 2011, tem sido fundamental na transformação do clube parisiense numa superpotência do futebol. Embora seu papel não seja de dono, mas de presidente, ele tem por trás todo o poder financeiro do verdadeiro proprietário do clube, o fundo Qatar Sports Investments, apoiado pelo estado do Catar.

O impacto da Arábia Saudita no futebol em 2022 e 2023

Na lista de clubes com proprietários ricos, o Newcastle United aparecerá nos próximos rankings, agora propriedade de Bin Salman, príncipe soberano da Arábia Saudita com uma fortuna estimada em 5.000 milhões de dólares, mas que tem a possibilidade de contar com fundos estatais poderosos que multiplicam esses valores.

Foi a primeira pedra no xadrez na expansão esportiva de um país que apostou no esporte para se abrir ao mundo, apostando na organização de grandes eventos e revolucionando sua liga local durante este verão de 2023. A chegada de Cristiano Ronaldo na janela de transferências de inverno abriu as portas, e cada vez mais jogadores decidem fazer a mudança das principais ligas do mundo para a liga saudita, cujo prestígio está crescendo graças à chegada de jogadores como Benzema, Kanté ou Sadio Mane com salários astronômicos.

Tudo isso devido a uma estratégia governamental para promover o futebol no país, veremos em breve os clubes sauditas liderando a lista dos clubes mais ricos do mundo?

Gostou de conhecer quais são os clubes mais ricos atualmente? No Blog da LeoVegas Esportes temos diversos artigos sobre o futebol com dicas especiais para apostar online, notícias e curiosidades do mundo do esporte, confira alguns deles abaixo: