Voltar
Saiba quais são as previsões para o Grupo D da Copa das Américas

Copa das Américas 2024 - Analise do grupo D e previsões dos jogos

Em 2024, a Copa das Américas será realizada nos Estados Unidos, entre os dias 20 de junho e 14 de julho](https://www.leovegas.com/pt-br/blog/esportes/futebol/copa-america/calendario). Na fase de grupos, o torneio contará com a presença de 16 seleções do continente, as quais estão divididas em 4 grupos.

O grupo D é formado por Brasil, Colômbia, Costa Rica e Paraguai. Ao longo de três rodadas, essas seleções irão enfrentar umas às outras, com o intuito de somar pontos e permanecer nas duas primeiras posições do grupo, o que garante a classificação para a fase seguinte da Copa das Américas. Saiba tudo sobre as previsões do grupo A, grupo B e grupo C.

Últimas equipes a estrearem no torneio, as seleções do grupo D entram em campo pela primeira vez no dia 24 de junho. O primeiro jogo do dia, Colômbia e Paraguai marcado para as 19:00, e o segundo jogo, Brasil e Costa Rica, para as 22:00.

Análise das equipes

Veja abaixo um balanço sobre a situação atual das equipes do grupo D, seu desempenho, jogadores promissores e mais.

Brasil

Após vivenciar um período conturbado em 2023, com derrotas inesperadas e recordes negativos, a seleção brasileira parece estar recuperando seu bom futebol sob o comando do novo técnico, Dorival Júnior. Com craques bastante habilidosos em seu plantel, como Vinicius Júnior, Rodrygo e Lucas Paquetá, a equipe tem uma ótima força ofensiva, mas também o desafio de melhorar seu poderio defensivo.

Colômbia

Nos últimos meses, a seleção da Colômbia tem apresentado boas performances dentro de campo, tanto pelas Eliminatórias da Copa do Mundo quanto nos amistosos internacionais. Com vitórias recentes sobre o Brasil e a Espanha, a equipe treinada pelo técnico Néstor Lorenzo tem ótimas variações táticas e um poderio ofensivo considerável. Entre jogadores experientes e jovens promessas, a seleção colombiana conta com nomes como os de Rafael Borré e James Rodríguez.

Costa Rica

Treinada desde 2021 pelo técnico Luis Fernando Suárez, a seleção da Costa Rica está passando por um momento de transição, com muitos jogadores novatos. Um dos únicos nomes experientes da equipe é o do goleiro Keylor Navas, considerado um dos maiores jogadores da história do país. No entanto, apesar de esforçado, o elenco da Costa Rica ainda demonstra grandes fragilidades, o que o torna o time azarão do grupo D.

Paraguai

Depois de apresentar um desempenho abaixo do esperado nas Eliminatórias da Copa do Mundo, a seleção do Paraguai trocou seu comando técnico e contratou o argentino Daniel Garnero. Sob o comando do novo treinador, a equipe ainda demonstra falhas e problemas a serem corrigidos, mas o talento de jogadores como Mathías Villasanti e Julio Enciso posiciona o Paraguai como um dos times na briga pela classificação para as quartas de final.

Comparação entre os times

Ao analisar o histórico de confrontos entre as equipes do grupo D, o Brasil é o que apresenta o melhor retrospecto. Contra a Colômbia, nos últimos cinco jogos, o Brasil ganhou duas vezes, empatou duas e perdeu somente uma vez. Já contra o Paraguai, foram três vitórias e dois empates nas últimas cinco partidas em que as equipes se enfrentaram. Por fim, o retrospecto contra a Costa Rica é impecável, com cinco vitórias brasileiras nas últimas cinco partidas.

Outro histórico de resultados importante a ser considerado é entre a Colômbia e o Paraguai, tendo em vista que essas equipes devem brigar por uma das vagas para as quartas de final da Copa das Américas. Nos últimos cinco confrontos entre as duas seleções, o Paraguai venceu duas vezes, com outros dois empates e uma vitória para a Colômbia.

Jogadores para ficar de olho

Leia a seguir quais são os jogadores do grupo D que podem chamar a atenção durante a Copa das Américas e fazer a diferença em apostas esportivas.

Endrick Moreira

Revelado pelo Palmeiras, Endrick Moreira já foi vendido para o Real Madrid e deverá fazer sua estreia no clube espanhol logo após a Copa das Américas. Pela seleção brasileira, o atacante de 17 anos já balançou as redes e vem se firmando como um dos nomes mais promissores da nova geração. Rápido e habilidoso com o pé esquerdo, o atleta tem o que é necessário para decidir partidas a favor do Brasil.

Luis Díaz

Jogador do Liverpool, o ponta-esquerda Luis Díaz é um dos principais nomes da seleção da Colômbia, na qual atua desde 2018. Inteligente e versátil dentro de campo, Díaz foi o responsável pelos dois gols da seleção colombiana na vitória recente sobre o Brasil, o que ressalta sua capacidade de resolver o jogo até mesmo em momentos difíceis.

Manfred Ugalde

Aos 21 anos de idade, o atacante Manfred Ugalde é um dos talentos da seleção costarriquenha. Atualmente no Spartak Moscou, o atleta defende a camisa da Costa Rica desde 2020 e já foi eleito o melhor jogador jovem da Liga CONCACAF.

Miguel Almirón

O ponta-direita Miguel Almirón é um dos jogadores mais caros da seleção do Paraguai, mesmo tendo completado recentemente 30 anos de idade. Experiente, o atleta atua na Premier League, defendendo a camisa do Newcastle desde a temporada de 2019. Já pela seleção paraguaia, Almirón se destaca por trazer mais qualidade técnica ao time, além de estar em uma ótima forma física.

Previsões

No grupo D, a seleção do Brasil é a favorita para se classificar em primeiro lugar e avançar para as quartas de final. A segunda vaga provavelmente ficará com a Colômbia ou o Paraguai. A Colômbia tem a vantagem de estar em melhor fase, enquanto o Paraguai tem mais tradição no torneio e um histórico ligeiramente favorável no retrospecto de confrontos contra a Colômbia.

Depois de se registrar na casa de apostas LeoVegas, os usuários podem apostar em diversas modalidades, incluindo o futebol, e ter acesso a um blog informativo, com notícias, dicas e muito mais.

Aposte na Copa das Americas